Checklists

Checklists para download

Checklist Titulo da Imagem

Downloads

Modelos de Documentos e E-books para download

Documento Titulo da Imagem

Rede SegMe

Rede Social voltada para o público de Segurança do Trabalho, Medicina Ocupacional, Prevenção de Incêndios, Meio Ambiente e áreas afins. Confira!

Rede SegMe Titulo da Imagem

Estatísticas de Acidentes

|

estatísticas de acidentesA Estatística de acidentes é uma ferramenta de controle administrativo que permite a empresa e aos órgãos fiscalizadores, a fácil visualização da realidade dos acidentes e doenças ocorridos, o que facilita na avaliação das medidas de segurança aplicada, e dá parâmetros para se definir metodologias de ação específicas para os setores com maiores ocorrências de acidentes.




Existem duas espécies de estatísticas, a mensal (utilizada nas Atas da CIPA) e a anual (Quadros Estatístico do SESMT). Tais estatísticas têm a finalidade de se obter dados comparativos que permitam confronto com as estatísticas de outros locais e atividades semelhantes.
Definição

Abaixo seguem as definições que devem ser observadas:

  • Número de Acidentes: número total dos acidentes ocorridos no mês;
  • Horas Homem Trabalhadas: é o número que exprime a soma de todas as horas efetivamente trabalhadas por todos os empregados do estabelecimento;
  • Dias Perdidos: é o total de dias corridos em que o acidentado ficou incapacitado para o trabalho em decorrência do acidente, contados a partir do dia imediato ao do acidente, até o dia da alta médica;
  • Dias Debitados: são dias não realmente perdidos, que devem ser debitados por morte ou incapacidade permanente, total ou parcial, de acordo com a tabela emitida pelo Ministério do Trabalho;
  • Dias Transportados: são dias perdidos por acidente que são transferidos para o mês subsequente ao da ocorrência, ao final do mês;
  • Taxa ou Coeficiente de Frequência: é o número de acidentes por milhão de horas homem trabalhadas, em determinado período. Essa taxa deve ser expressa com aproximação de centésimos;
  • Taxa ou Coeficiente de Gravidade: é a soma dos dias perdidos pela ocorrência do acidente, dos dias debitados (em caso de incapacidade parcial, incapacidade total ou morte) e dos dias transportados do mês anterior, por milhão de horas homem trabalhadas. Deve ser expressa em números inteiros.
Cálculo do Coeficiente de Frequência

Calcula-se a taxa ou coeficiente de frequência, utilizando-se da seguinte fórmula:

                                                         TFA = Nº.x 1.000.000
                                                                           H.H.T 

Sendo:

TFA - Taxa de Frequência de Acidentes;
- Número de Acidentes (ASPT e ACPT)
H.H.T. - Horas Homem Trabalhadas




Poderá gostar de:


2leep.com



Um comentário:

  1. As estáticas são o pontapé inicial para uma abordagem mais específica do causador do acidente. São muito importante e não podemos deixar de analizá-las com muita atenção. Uma extatística que funciona, vai fazer com que a segurança do trabaho também funcione, assim andam de mãos dadas em favor da causa prevenção! Um abraço Guilherme, fique com Deus!

    ResponderExcluir