Checklists

Checklists para download

Checklist Titulo da Imagem

Downloads

Modelos de Documentos e E-books para download

Documento Titulo da Imagem

Rede SegMe

Rede Social voltada para o público de Segurança do Trabalho, Medicina Ocupacional, Prevenção de Incêndios, Meio Ambiente e áreas afins. Confira!

Rede SegMe Titulo da Imagem

Vibração Ocupacional

|
vibraçãoVibração é qualquer movimento que o corpo executa em torno de um ponto fixo. Esse movimento pode ser regular, do tipo senoidal ou irregular, quando não segue nenhum padrão específico.






A vibração é definida por três variáveis: a frequência (Hz), a aceleração sofrida pelo corpo (m/s2) e pela direção do movimento, que é dada em três eixos:

X (das costas para frente),
Y (da direita para esquerda) e
Z (dos pés à cabeça).

A vibração pode afetar todo o corpo ou apenas parte dele, como as mãos e os braços. A vibração do corpo ocorre quando há vibração dos pés (posição em pé) ou do assento (posição sentada). A vibração produzida por máquinas e equipamentos é transmitida para partes específicas do corpo conforme sua sensibilidade à mesma frequência. As ampliações ocorrem quando as partes do corpo passam a vibrar na mesma frequência, daí dizemos que entrou em ressonância.

Efeitos sobre o corpo humano

O corpo inteiro é mais sensível na faixa de 4 a 8 Hz (Hertz), que corresponde a frequência de ressonância na direção vertical (eixo Z). Na direção X e Y, as ressonâncias ocorrem às frequência mais baixas, de 1 a 2 Hz.

Os efeitos das vibrações podem ter graves consequências sobre o corpo humano e seus órgãos. As vibrações danosas ao organismo estão nas frequências de 1 a 80 Hz, provocando lesões nos ossos, juntas e tendões.

As freqüências intermediárias, de 30 a 200 Hz, são capazes de provocar doenças cardiovasculares, mesmo a curta duração e, nas frequências altas, acima de 300 Hz, os sintomas são de dores agudas e distúrbios. Alguns desses sintomas são reversíveis, podendo ser reduzido após um longo período de descanso.

Alguns exemplos desses efeitos são:

  • Visão turva: as vibrações reduzem a visão e a torna turva, a partir de 4 Hz;
  • Perda de Equilíbrio: as pessoas que trabalham com equipamentos vibratórios de operação manual, tais como martelo pneumático e moto serra, apresentam degeneração gradativa do tecido muscular e nervoso;
  • Falta de Concentração;
  • Danificação permanente de determinados órgãos do corpo: os efeitos aparecem na forma de perda da capacidade manipuladora e do controle do tato nas mãos, conhecido, popularmente, por dedo branco, o que ocorre com no máximo após 6 meses de trabalho com ferramentas vibratórias. Essas doenças são observadas, principalmente, em trabalhadores de minas e florestais.

Fonte: Universidade Federal de Viçosa




Poderá gostar de:


2leep.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário